Controle rígido garante a qualidade da carne brasileira

A pecuária brasileira é reconhecida, internacionalmente, pela qualidade e rigor técnico no controle de sua produção, sendo um setor de forte impacto na economia, uma vez que os produtos de origem animal são exportados para mais de 150 países. Mesmo com as notícias sobre irregularidades no mercado da carne, o Brasil continua se aperfeiçoando para atender as exigências internacionais. Os eventos envolvendo a produção de gado não chegaram a afetar a produção, isso devido à grande tradição e confiabilidade adquirida ao longo dos anos em relação aos produtos nacionais.

 

Após os escândalos da operação “carne fraca”, uma série de medidas foram tomadas para garantir a segurança e aumentar ainda mais controle sobre os produtos exportados. O sistema regulatório brasileiro, organizado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária, está entre os mais frequentemente auditados e monitorados no mundo. Dentro das etapas da cadeia de produção devem ser observados dois requisitos primordiais:

  1. o conjunto de propriedades intrínsecas do produto, que se referem às características físicas, nutricionais e higiênicas;
  2. as preferências do consumidor no que diz respeito à qualidade sensorial: textura, sabor, imagem, fatores que levam à aceitação ou rejeição da produção.

 

Além da análise desses dois requisitos, o sistema de gestão de qualidade da carne brasileira passa por diversos processos: controle da qualidade da matéria-prima; do processo; do produto acabado; do produto no transporte e distribuição, e do produto nos pontos de venda. A rígida segurança em cada uma dessas etapas é primordial, uma vez que qualquer descuido nas etapas de comercialização pode colocar em risco a saúde do consumidor e a reputação da empresa no mercado.

 

Conheça os principais programas e ferramentas utilizados para pelo Governo para avaliar e garantir a qualidade da carne brasileira.

 

>> SERVIÇO DE INSPEÇÃO FEDERAL (SIF)

O serviço de inspeção federal tem mais de um século de atuação e é um dos órgãos mais respeitados pela competência na auditoria dos produtos de origem animal produzidos no Brasil. Os técnicos inspecionam e asseguram a qualidade de todos os insumos de origem animal, comestíveis e não comestíveis produzidos aqui. Esse serviço é supervisionado pelo Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA). O corpo de auditores da SIF é formado por veterinários, agrônomos e pesquisadores, sendo o responsável pelo processo de verificação da comercialização da carne em todas as fases de produção, isso significa a verificação dos animais antes do abate e após a execução. Cabe a eles verificar as condições higiênico-sanitárias e o cumprimento das exigências de controle implementadas pela empresa.

 

>> REDE OFICIAL DE LABORATÓRIOS DO MAPA

Os laboratórios nacionais agropecuários formam um conjunto de unidades que desenvolve atividades para a inspeção e defesa sanitária dos rebanhos e lavouras brasileiras, dando aos produtores a certificação da produção agropecuária. Trata-se de uma rede especializada em exames laboratoriais que fornecem informações para os serviços de inspeção e fiscalização agropecuária.

 

>> PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DE PATÓGENOS (PNCP)

Este programa formado pelo Ministério da Agricultura atua na identificação de organismos capazes de provocar doenças em produtos de origem animal, produzidos em território brasileiro. Com este controle e inspeção, é possível identificar possíveis doenças que podem vir a acometer a carne brasileira e atuar na sua erradicação e prevenção. O programa atende a todos os estabelecimentos registrados no SIF, e não só monitora os resultados como também fornece dados sobre a situação e a saúde da carne produzida aqui, a fim de assegurar a saúde do animal e oferecer ao consumidor um produto certificado.

 

PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE CONFORMIDADE DE PADRÕES FÍSICO-QUÍMICOS E MICROBIOLÓGICOS DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL COMESTÍVEIS

O programa, também instaurado pelo Ministério da Agricultura, analisa e recolhe dados sobre toda a produções de alimentos que têm origem animal a fim de avaliar os processos realizados pelos estabelecimentos de produção.

 

 

O setor agropecuário brasileiro é uma das áreas que mais recebe investimentos em pesquisa e tecnologia, com tradição e pioneirismo em melhoramento genético, nutrição alimentar e suplementação, por exemplo. As fraudes encontradas nos frigoríficos brasileiros representam um número mínimo diante de toda a produção. No entanto, diante da exposição internacional que a operação carne fraca levantou, o Brasil adotou uma série de medidas a fim de retomar a imagem de excelência dos nossos produtos.

 

Neste ano, além de todos os órgãos que já fiscalizam e controlam o setor pecuário Brasileiro, o Governo inaugurou mais um laboratório. Trata-se do mais moderno laboratório de pesquisa e segurança de pecuária da América Latina, chamado de Laboratório Multiusuário de Biossegurança para a Pecuária (Biopec). Esta estrutura com sede em Campo Grande é voltada para a pesquisa em biossegurança dos produtos brasileiros, com um severo sistema de controle sanitário. Verifica-se, desta forma que a qualidade da carne brasileira continua sendo um ponto positivo na economia brasileira e que o Brasil vem buscando aprimorando técnico e científico avançado para se manter competitivo e continuar crescendo nesse setor.

 

Além de todos esses processos e órgãos reguladores, outro fator de suma importância para a comprovação de origem sanitária e de controle de qualidade refere-se ao rastreio de origem animal. A tecnologia de rastreio oferece informações precisas sobre a procedência da carne e, por isso, pode ser vista como uma importante ferramenta de gestão. Os resultados da pecuária bovina podem ser potencializados com o uso de softwares que contribuem para o registro correto das pastagens, controles de vacinação, histórico e evolução do rebanho, oferecendo ao consumidor um produto de qualidade e com completo acompanhamento de sua procedência. A Brabov oferece esse tipo de implementação tecnológica e ajuda a monitorar e gerenciar os processos de gestão e controle de qualidade. Consulte nossos planos e invista na tecnologia para se adequar e aprimorar a gestão de segurança do seu produto.

Atendimento via WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: