Importância da identificação animal

A importância da identificação animal na pecuária

Estou perdendo dinheiro com pecuária? Essa matriz precisa ser substituída por outra mais eficiente? Meus novilhos ganham mais peso na pastagem ou com ração? Devo manter monta natural ou partir para inseminação?

Essas são perguntas cujas respostas são dadas pelos indicadores zootécnicos de sua propriedade.

Para atingir os objetivos estratégicos do negócio rural é importante monitorar indicadores que permitam o produtor rural medir a eficiência do seu processo produtivo, e atuar para corrigir desvios de suas metas.

Indicadores zootécnicos são, em sua maioria, específicos a cada animal. Isto é, a medição da eficiência na criação de gado bovino depende do monitoramento da performance de cada cabeça de gado de modo individual.

Gado bovino é comumente identificado por brincos e/ou tatuagens no momento de seu nascimento, ou quando são adquiridos e introduzidos ao rebanho da propriedade. Além da identificação de novos animais introduzidos ao rebanho, recomenda-se identificação de pai, mãe e peso de cada animal em sistemas de produção cujos gestores busquem melhorar a qualidade do estoque.

Confira abaixo como identificar um animal no seu sistema Brabov, ponto de partida para iniciar a medição dos indicadores zootécnicos de performance na sua fazenda.

Passo-a-Passo para realizar um lançamento de CADASTRO UNITÁRIO no seu aplicativo Brabov:

1Novo Acontecimento: A tela inicial de seu aplicativo Brabov lista, em ordem cronológica, os últimos acontecimentos em sua propriedade e lançamentos realizados em sua conta. Para iniciar um novo lançamento, como CADASTRO UNITÁRIO, selecione o botão Novo Acontecimento.

Novo Acontecimento

2 Entrada: No menu de lançamento de um Novo Acontecimento selecione a opção Entrada para acessar a seleção do tipo de cadastro animal que deseja realizar.

Entrada

3 Cadastro Unitário: No menu de seleção do tipo de cadastro animal que deseja realizar selecione Cadastro Unitário.

Cadastro Unitário

4 Características do animal: Na tela seguinte as seguintes informações que identificam um bovino são suportadas no CADASTRO UNITÁRIO do seu aplicativo Brabov, porém somente os campos destacados com * são de preenchimento mandatório.

Cadastro Unitário
Data de introdução do animal na propriedade. Exemplo: 23/06/2022
Código único composto por números e/ou letras que identificam cada animal. Exemplos: 22001;
Macho ou Fêmea. Exemplo: Macho.
Data aproximada de nascimento de um bezerro. Exemplo: 12/05/2021.
Área da propriedade, pastagem ou invernada onde o animal está fisicamente localizado. Exemplo: Pastagem norte.
Grupo de manejo em que o animal é processado junto a outros em situação equivalente. Exemplos: Lote de touros comprados em 20/09; Lote de bezerros ao pé da mãe; Lote de bezerros recém desmamados.
Raça ou mistura predominante na composição genética do animal. Exemplos: Angus; Nelore; Composto.
Peso do animal aferido em balança após o nascimento. Exemplo: 33,4 quilogramas (Kg).
Última pesagem do animal aferida em balança. Exemplo: 320 quilogramas (Kg).
Brinco ou identificador único da vaca matriz progenitora do animal, a mãe. Exemplo: 18001.
Brinco ou identificador único do touro reprodutor cujo material genético originou a cria, o pai. Exemplo: T25.
Data em que o animal deixou de se alimentar através de amamentação. Exemplo: 06/01/2022.
Indicador de animais que já deixaram, ou não, de se alimentar através da amamentação da mãe. Exemplo: Ativo para desmamado; inativo para não-desmamado.
Código único secundário, adicional ao brinco 1 para animais que possuem um segundo sistema de identificação, composto por números e/ou letras que identificam cada animal. Exemplos: SISBOV0001; E22001.
Código eletrônico único, como brincos eletrônicos e microchips subcutâneos, composto por números e/ou letras que identificam cada animal. Exemplos: CID22384108; E22001FH12HI12.
Descrição do padrão, cor ou característica de pelo que identifica o animal. Exemplos: Amarelo; Malhado; Cara branca.
Marcação cutânea tatuada no animal com fim de identificação. Exemplo: 22001; CPT1590.
Denominação utilizada em animais especiais cuja identificação personalizada é necessária. Exemplo: Touro Zoran.
Campo dedicado a qualquer anotação livre. Exemplo: Animal apresenta uma ferida no quarto traseiro; Animal apresenta indício de doença; Animal ferido por cerca.

5 Número do Brinco 1: O número do brinco deve ser único e exclusivo a um animal para diferenciá-lo dos demais. O formato do código de identificação é alfanumérico, logo tanto números ou letras podem ser utilizados.

Número do Brinco 1

6 Raça, Piquete, Pastagem e Lote: Ao selecionar as características raça, piquete, pastagem e lote um menu surgirá onde essas características devem ser indicadas. Na falta de raça, piquete, pastagem ou lote cadastrados, selecione a opção Adicionar para criar uma Nova Raça, Novo Piquete, Nova Pastagem ou Novo Lote.

Piquetes
Raças
Nova Pastagem
Lotes

7 Salvar Cadastro Unitário: Após registrar as características que deseja cadastradas em seu animal basta conferir se está tudo certo e selecionar Salvar.

Salvar

Pronto! Seu animal foi cadastrado com sucesso e agora seus primeiros indicadores zootécnicos podem começar a ser medidos.

%d blogueiros gostam disto: